Compra já
DANCEFLOOR RECEBE KURA, DJ PORTUGUÊS QUE DISPENSA APRESENTAÇÕES
Kura é um dos rostos da maior editora de EDM mundial, a Spinnin’ Records. As tours que faz pelo mundo, as pessoas, os locais que visita e as musicas que ouve são fontes de inspiração para o seu trabalho. O produtor é apoiado por DJs como Tiësto, David Guetta, Hardwell e Afrojack.

A quinta edição do Festival Dancefloor, que vai ter lugar no Altice Forum Braga, dias 26 e 27 de Julho, assegura a presença de Kura, atualmente um dos DJs e produtores com mais hype a nível internacional.


Nasceu em Leiria, mas foi em Cascais que deu os primeiros passos no mundo da música eletrónica. Hoje está no 48º lugar do ranking mundial, o DJ Mag Top100. Apesar de atrair na sua maioria o público mais jovem há produtores, e pessoas que querem iniciar a sua carreira na música, que vão ao seu encontro. Defende que não há barreiras quando se quer aprender algo novo, não se vendo como um professor, mas um músico que valoriza a partilha de ideias, técnicas, histórias e experiências.


Kura lançou êxitos por diversas editoras distinguidas mundialmente como é exemplo das holandesas Revealed Recordings de Hardwell e Spinnin’ Records. A norte-americana Ultra Music não deixou escapar o seu talento, bem como a Protocol Recordings de Nicky Romero, a Armada Music de Armin Van Buuren, a Wall Recordings de Afrojack, e a Musical Freedom de Tiesto. Mais recentemente trabalhou com a Smash The House, de Dimitri Vegas & Like Mike, entre outras. Se aliarmos a este percurso o seu magnetismo e vocação para a arte da mistura que conduz os DJs, temos todos os sustentáculos reunidos para manter firme e de olho no futuro, uma estrela.


Apesar de referir Axwell, Nicky Romero, Hardwell e Alesso como os seus grandes arquétipos musicais, apresentou-se na Hard dance a partir de um “Fact 2”, uma coletânea misturada de Carl Cox. Na década de 2000, Kura animou as pistas de dança ao seu ritmo e centrou-se no disco do French Touch de Martin Solveig, Modjo, Black Legend e no big beat das suas principais referências, os Daft Punk.


O DJ descobriu o seu talento na rádio da escola, assumindo ser apaixonado por música, seja ela alternativa ou comercial, desde que se identifique pela sua energia e groove. Em 2012 torna-se o primeiro português a ser agenciado pela WDB Management, e dois anos mais tarde, vence o prémio de Melhor DJ Nacional nos prémios da Rádio Nova Era, lançando-se pela Trice Recordings, naquele que é o salto mais alto da sua carreira de artista.


Kura aterrou no MEO Sudoeste, e de seguida voou para Amesterdão. Integrou a programação do Amsterdam Dance Event e foi o primeiro DJ Português escolhido pela Coca-Cola para representar o tema oficial, “First Time, First Love”, protagonizando uma campanha digital. Ambush Radio, programa de rádio em live stream de Kura está disponível no seu canal oficial de YouTube e no iTunes, contando com milhares de seguidores. Em 2016 juntou-se a Hardwell para o lançamento de “Calavera”, um tema que chegou ao número 1 da tabela de vendas da Beatport.


O músico conta com colaborações invejáveis com Laidback Luke; atuações no Tomorrowland e Ultra Europe, sete tours mundiais e atuações memoráveis no RFM Somnii. O Amsterdam Dance Event levou o produtor ao palco principal da maior conferência mundial de música eletrónica. Em 2018, Kura participou no Hardwell On Air #350, um episódio especial que pela primeira vez teve um convidado Português. Depois de ter partilhado os seus dotes noutras masterclasses em Miami e em Amesterdão, estreou a sua Masterclass em Lisboa, em parceria com a Mega Hits. Meses depois, Kura volta a encantar com o tema, “Lambo”, onde usa a sua própria voz para acompanhar a dança.


Definindo o seu trajeto como o início de algo que está a construir, Kura editou em Janeiro pela Spinnin’ Records, o tema “Nothing Else Matters”. KURA não é apenas um DJ sem fronteiras, mas um produtor que se quer fazer ouvir para além delas. Por essa razão e todas as outras, a sua ida ao Dancefloor torna o festival imperdível. E a contagem decrescente já começou.