28 JUL

TUJAMO

O produtor alemão, sob a assinatura artística de Tujamo, despertou para a sua paixão pela música ainda em adolescente, e desde então não mais abrandou no aperfeiçoamento do seu ofício até que a sua interpretação idiossincrática da dance music pudesse ser considerada um género por si mesmo, pessoal e intransmissível. Fonte inspiradora de centenas de produtores em todo o mundo, que cedo tentaram colar-se ao seu som único, o portentoso domínio da gramática enérgica e pioneira de Tujamo em muito concorreu para o estabelecimento de sinergias com nomes como Danny Avila, Dimitri Vegas e Like Mike, Jacob Plant, Laidback Luke, Martin Solveig, Pep & Rash, Showtek, Taio Cruz, entre muito outros.

Tujamo iniciou a sua carreira na sua terra natal, mas não tardou para que seu estilo personalizado rapidamente conquistasse fãs em todo o mundo, levando-o a a espalhar a magia das suas produções nas paragens mais longínquas. Dos maiores festivais do mundo, incluindo TomorrowWorld, nos Estados Unidos, Tomorrowland na Bélgica, Creamfields no Reino Unido e Summatronic na Índia, até aos mais lendários clubs como o Webster Hall e o Pacha, em Nova York, o prestigiado Wynn Resort em Las Vegas e o Green Valley (Top 100 Clubs #1) no Brasil, Tujamo tem marcado presença assídua em todos.

Criador de um rol de remisturas memoráveis para uma série de artistas, incluindo Martin Solveig, Jack Laidback Luke, Showtek e o duo Dimitri Vegas & Like Mike (ex-DJ Mag # 1), o material de Tujamo tem obtido tanto sucesso quanto se possa imaginar. A sua engenhosa abordagem em "Dr Who!" tornou-se num sucesso instantâneo em 2014, enquanto que a colaboração com o patrão da Mixmash, Laidback Luke para a faixa "S.A.X." foi, sem qualquer dúvida, uma das suas mais relevantes colaborações até à data. "S.A.X." tornou-se no terceiro #1 consecutivo no Beatport Top da portentosa casa alemã, o que veio a resultar em mais um convite para uma remistura, no caso "Rocking With The Best", de Laidback Luke, um clássico das roupagens rock de 2002.

Como se isto não bastasse, o disco a solo de Tujamo, "Booty Bounce", inscreve-se na história como o maior sucesso do super-produtor alemão até à data. O disco, concebido no ventre da icónica casa holandesa Spinnin’, foi tão bem sucedido que o compositor, rapper e produtor musical britânico, Taio Cruz, depressa se dispôs a dar ao álbum uma versão vocal integral. Até à data, "Booty Bounce" obteve mais de dez milhões de escutas, só no Spotify, tendo entrado e permanecido nos tops do iTunes em todo o mundo.

As estatísticas falam por si: graças à dedicação em promover a sua dance music, Tujamo tem acumulado centenas de milhões de streams em todo o mundo; produziu nada menos que 5 faixas originais coroadas no #1 no Top Beatport, 8 lançamentos (remisturas) no primeiro posto da mesma tabela, ultrapassando, no compto geral, os 3.800 dias no Beatport Top 100 e vendo os seus maiores seus hits, como 'Boneless' - a sua colaboração com Steve Aoki e Chris Lake - associados a sumptuosas campanhas publicitárias e ao filme Furious 7, alcançando assim, naturalmente, o ouro e a platina.

Todas estas realizações concorreram para que Tujamo figurasse no Top 100 da DJ Mag, com as maiores editoras sempre focadas no seu lastro. Todas, desde a iconoclasta casa norte-americana Ultra Music e a já citada Spinnin', passando pela Mixmash Records de Laidback Luke, ou a Smash The House de Dimitri Vegas e Like Mike, fizeram fila para lançar mão às desejadas produções de Tujamo. Muitos tentaram copiar o seu estilo de produção. Contudo, a dedicação de Tujamo em evoluir dentro dos eixos seu som-assinatura, manteve-o sempre à tona da cena dance music, valendo-lhe a reverencia de todos os grandes nomes da indústria.

2016 assistiu a um Tujamo em plena forma, após os lançamentos de "Drop That Low (When I Dip)", "Keep Pushin" e "BOOM!", que igualaram - tendo até mesmo superado - o sucesso das suas produções precedentes. Reunindo mais de 450 milhões de plays no Spotify, Tujamo rapidamente se converteu num dos artistas mais populares da dance music eletrónica, e um disruptivo criador de tendências para muitos. Cada um dos seus singles invadiu o top 5 do Beatport , bem como obteve a posição número 1 em diversos tops dos mais diversos géneros musicais.

Esta bagagem impulsionou Tujamo para uma tour absolutamente massiva, com mais de 150 espetáculos em apenas um ano. Temos visto Tujamo agraciar-nos com inúmeros espetáculos em alguns dos locais mais prestigiados do mundo. Incluímos neste elenco os lendários Zouk Clubs em Singapura e Kuala Lumpur, o Privilege Ibiza, o Exchange Club em Los Angeles, e muitos mais. Subiu aos palcos de Lollapalooza em Berlim, Tomorrowland na Bélgica, Sunrise Festival na Polónia, Untold Festival na Roménia, Airbeat One e Parookaville Festival na Alemanha, entre muitos outros.

Entretanto, o DJ Mag’s Top100 testemunhou a sua escalada da posição #78 para um esclarecedor 46º lugar, fortalecendo a ideia da sólida ascensão de Tujamo. Em 2017, Tujamo assumiu o desafio de uma enorme tour pela China, com paragens marcadas nos 20 países que marcam a pulsação desta cena musical. Esta demanda fez dele um dos primeiros artistas a conhecer por dentro a nova meca da dance music. Mais tours - pela Ásia e pela Austrália - rapidamente se sucederam, ainda em 2017. Tudo somado às triunfantes remisturas para David Guetta, Nicki Minaj, o hit "Light My Body Up" de Lil Wayne, e o single de Justin Bieber e David Guetta, "2U". O seu single original, "One On One", lançado pela mítica Universal Music, foi distinguido com uma nomeação para os Los40 World Dance Music Awards de 2018. Sem perder tempo, Tujamo oferece-nos o seu novo single "Body Language", pela Spinnin' Records. Tudo isso, envolto em mais tours pela Europa, Ásia e Reino Unido, sublinha – e desvenda - uma pista clarividente acerca do destino reservado a esta épica aventura. Não entremos em detalhes por agora: sabemos apenas que se dirige para cima.